Anúncios

Resultado de imagem para alter ego   Da poesia a musica, intrusa sempre em suas confusões, cria vertigens de ilusões a ir

Daquilo que quero, o transbordar exageros de emoções, ou uma unica picada pelo sangue o “plaisir”

Contraste unicor, fantasia cheia de cor, ao deleite do pensamento puxados pela angustia da dor, nem sempre pensamentos são reveladores a quem lê

Então impulsa aquele salto repentino, por onde enche de palavras e nada diz, as vezes é somente sabia por quem diz

Agarra pelo papelão molhado, frio e anseios de saber que melhor foi o passado aprendiz

Pensamentos destravados pela insanidade, simples ventríloquo daquilo que acho ser verdade, momento conturbado … um simples relato que não deveria ter sido relatado….

Rodrigo Zanardo (improv)

Imagem relacionada

Eu Perguntando a mim mesmo “Oras, pois, “pusque” escreveu que para alguns totalmente lixo encardido, piração, ou talvez por quase nenhum outro, como algo epifânico, “pusque?””

Tendo o prazer de me responder… ” Bem, posso escrever, e tenho a senha do blog” (terminar com um humor duvidoso não faz bem a reputação mas vai la… fui)

Anúncios

One Comment on “A Bipolidade do Alter Ego

%d blogueiros gostam disto: