Anúncios

A morte é uma crise, um drama e tem solução: transição do desespero e angústia ao consolo e a esperança.
” Nós ignoramos tudo sobre a vida; que podemos saber sobre a morte ?” Confúcio.
Se o cadáver é a anti vida ( mas ainda vida), a ausência é a mais verossímil metáfora do nada.
Somos cadáveres adiados, acho legal o modelo de pensamento de enriquecimento progressivo da personalidade. Somos promovidos. Recém nascido, criança, adolescente, adulto e ancião. O status de ancião. O status de ancião deveria contemplar as mais sérias reverências. O respeito que se devota ao idoso encontra um fundamento sociológico objetivo, os velhos são depositários das técnicas de bem viver, e são eles os mediadores entre o vivo e o morto, devido sua proximidade do mundo dos ancestrais. Então respeite o velho !!! Deixa de ser burro.
O velho detém o saber, mas nem sempre tem os meios de transformá lo em poder, então escute o velho. Seu burro.
As mortes insólitas, acidente do casal que volta da lua de mel, o jovem assassinado no dia de sua formatura, chacinas e monstruosidades produzem comoção especial. O povo Ao- Naga, na Austrália, não dá honra fúnebre a esse tipo de morte. Mas matam todo seu gado e passam a viver miseravelmente.
A morte é temível porque a tememos e tememos a morte porque porque ela é temível.
O interesse do médico se desloca do doente para a doença. O indivíduo doente se transforma num “caso”, e portador de um rótulo patológico qualquer. Rapidamente o hospital se transforma no depósito desses “casos”. Ocorre uma troca. Os “casos” são estudados pelos médicos, e o hospital se transforma num museu de doenças. Os médicos os estudam, se exercitam e aprendem a tratar outros “casos” similares. Nomeando a doença e catalogando. O médico obtem mais benefício com o doente do que o doente com o médico.
A vontade de Deus governa o destino humano. E contra isso nada pode ser feito.
Mas existem magia, oração e medicina.
Então faça sua parte. Essa semana procure o serviço de saúde e faça exames rotina semestralmente. É de graça e você ganha um atestandoatestadinho pra folgar durante o dia.
Ainda preciso muito de vcs. Então faca me o favor de não morrer. Tenho muito a aprender com vcs. Então não morre já. Primeiro me ajuda depois morre tranquilo. Porque sozinho não sou nada.

Anúncios

2 Comments on “Somos cadáveres adiados

  1. Pingback: Somos cadáveres adiados – Erudiçãoinformativa

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: