Anúncios

Um brinde aos pais que são capazes de se dedicar a qualquer coisa. Que fazem aquilo que precisa ser feito. Quer assoar narizinho, os que trocam fraldas. Que descascam as batatas. Que consertam os canos das pias. Que batem os ovos, mexem o ensopado e picam os legumes. Que já puseram as crianças na cama, quando a mamãe chegar em casa, de volta do trabalho. Que estão presentes quando ela precisa. Que, com as mães, são O eixo do lar.

O mundo tem uma necessidade infinita de mães amorosas e as encontro por toda parte, acalmando a criança assustada com a trovoada, lutando para salvar uma colheita, transformando coisas simples um festival de beleza. Mas elas precisam de um companheiro, no longo caminho rumo a segurança é preciso defensor em tempos de perigo. Preciso de alguém com quem dividir suas preocupações, e para manter viva esperança. O mundo tem uma necessidade infinita de pais amorosos.

Estendo meus braços a todos os pais do mundo separados das esposas dos filhos por guerras ou necessidade, ou trabalho… E anseio com os corações de todos essas mães e de todos esses filhos, pela sua volta. As famílias dão um jeito. As famílias se arranjam. Mas isso nunca é o suficiente. Volte em segurança. Volte logo

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: