Anúncios

Mês: junho 2019

+

Teologia materna

FOi pensando assim que a minha fé em Deus alcançou profundidade. Quando fui apresentado a fé sobrenatural ela me soou razoável. Um ser superior cuida de mim. A teologia do cuidado, nada que humanamente eu não conhecesse de perto. Meu encontro com Deus foi marcado pela face misericordiosa de Jesus. Foi minha mãe que me falou primeiro Dele. E sempre com exemplos humano. Uma … Leia Mais

Anúncios
+

Angelus Silesius

Angelus Silesius foi um buscador especial, um “artista de rara essência”, uma “tenda errante” para Deus, de uma profundidade única, que encantou filósofos como Heidegger, que nele via alguém com “extrema precisão e profundidade de pensamento” Era um místico habitado por uma sede infinita e pela força do amor, sendo movido unicamente pelos mistérios e enigmas do “mar incriado”. Para explicar esse traço de … Leia Mais

Curupira

O maior erro no erro é a culpa: somos acorrentados a grilhões que nos limitam evoluir, tornamo-nos o punhal que apunhala a nós próprios. Para a culpa, nosso espírito é um coração de mãe: sempre cabe mais uma. Devemos, prementemente, transformar culpas em arrependimentos – mas qual a diferença? Não é tão simples, mas vamos lá… Arrependidos, já forjamos a pré-virtude de não querer … Leia Mais

+

O dolorido da vida está sempre grávido de beleza

Os descaminhos também nos fazem chegar. Ainda que nos falta em discernimento para perceber, a natureza da vida é paciente com os debilitados. E não poderia ser diferente ela está atada ao inesgotável poder de Deus, origem de toda a compaixão. A travessia é mistério que não nos pede para não errar. Suas exigências são outras: determinação , Honestidade na busca, retidão das intenções. … Leia Mais

Retorno

O calvário é a antessala do paraíso: quanto mais agudo o sofrimento, mais perto ele está do seu fim. Seja de mãos dadas com a morte ou abraçando uma virada de sorte. Passamos por fases e feitas cruéis, não há um salvo – os sorrisos e amores carinhosos do Instagram são efêmeros com a câmera desligada: a felicidade publicada é inversamente proporcional à vivida. … Leia Mais

+

Acomodação voluntária

E algumas pessoas aparentam serenidade, mas em alguns casos e tratar muito mais e acomodação. São aquelas que vivem dizendo “não, mas a vida é assim “, ” vamos deixar como as coisas estão”, ” Uma hora melhora “… Isto é, aquilo que conduz a inação, ausência de ação, ou não movimento, a não reação. Em muitas situações é necessário que a pessoa seja … Leia Mais

+

Mundo contemporâneo, amor nenhum

Às vezes, temos a necessidade da certeza absoluta, assim como temos a necessidade da certeza de que a pessoa que nos ama nos ama. Talvez, o campo dos afetos seja onde isso fica mais evidente. Não é à toa que, quando pensamos na origem da palavra “afeto”, do latim afeccio, chegamos à palavra “afecção”, em português. “Afecção respiratória”, “afecção cardíaca”… É doença, assim como … Leia Mais

Gratos ao gratuito.

[veladamente, todos – a si – o fazem] Reclamam os solitários, assim como reclamam os acompanhanhados; a insatisfação é prima próxima da projeção idealizadora. É simples compreender: segurança e liberdade são extremos de uma linha reta, mais perto de uma, mais distante da outra; a impossibilidade de sentir-se livre e seguro ao mesmo tempo  vetoriza esse descontentamento ininterrupto e infinito. Mas não podemos mergulhar … Leia Mais

Lábios negros, em embocadura para lábios brancos

Era um celeiro. Improvisado para bar. O fog dos charutos não negava. Bancos de madeira. Aliás, o que mais continha era madeira. Tabaco cru, mas em chamas. Abarrotado a ponto de cotovelo bater com cotovelo. Pessoal: metade de chapéu até altura dos olhos. E pessoal muito bonito. Milagre isso. Pois, sendo uma festa negra, e sem boas condições financeiras, faziam o que sabem fazer: … Leia Mais

Esperas

O tempo das esperas se contradiz: tudo tem seu tempo, mas é premente destrancarmos as porteiras que cerceam nossas falhas. O tão sagrado mantra “vai passar” necessita da nossa autorização, de força de vontade, de movimento. A esperança quando não operante é o coloquial “esperar cair do céu ” – o acaso vai definir muitos dos nossos sucessos ou fracassos, mas todo o resto … Leia Mais

O que é?

Peroração… Conclusão. Cansamo-nos (e muitas vezes fingimos que não – o que é muitas vezes necessário: temos necessidades sociais, nos maculam e sujam – como outras necessidades – mas…) deouvir discursos cujos fins só nos mostram quão diabólico pode-se ser “em nome do bem”. Oportunismos, aproveitamento de desgraças alheias, falsas soluções, julgamentos e sentenças. Pouca coisa é mais perigosa que a certeza acerca do … Leia Mais

Tocos de cigarro

O teu ódio desbotado na cortina resistindo. Incenso. Magia e vicio. Magia e vinho. Vicio O cotidiano aerossol : fumaça impregnada e o desbotado da cortina. Tudo fica. Um vicio Ovinho. Um pôster na parede cravos vermelhos Teus dedos em riste A linha do horizonte . Réstias de luz Nas fotos na inércia do seu sono Sustos sonhos soluços Sussurros nada