Anúncios

Aceitando a definição que Deus é amor, eu em particularmente , Leitores, e todas as fases que estamos na frente de alguém nós temos dois desafios:Encontrar o outro de verdade, e o segundo é a gente deixar cair as máscaras que muitas vezes impedem nosso encontro. Final pela força do nosso discurso somos capaz de tirar a realidade das máscaras que nos convém muitas vezes não saímos de baixo da mesa porque Não acreditamos no amor daquele que nos chama para sair, muitas vezes não saímos de baixo da mesa porque estamos com uma cicatriz com uma caricatura de Deus e não daqueles que realmente conhecer sua face, por isso devemos aprender o tempo todo descobrir quem ele. A gente só pode se amar de verdade se a gente se conhece nós precisamos sempre pelo amor que nos convida sair debaixo da mesa e arrancar a máscara. É tão bom a gente ser cuidado não é? É tão bom saber que alguém cuida de nós e passar pela experiência do cuidado é passar o que você tem mais primitivo em você, porque quando nascemos precisamos ser cuidados isso através desse cuidado do que Deus faz com que a gente saia de baixo da mesa

A certeza que somos arrancados é que vai nos encorajar para dar um passo em direção daquele que nos chama. Se pela força do ódio somos jogados para debaixo da mesa, pela força do amor seremos capaz de sair, de saber que eu sair daí alguém cuida de você. Eu particularmente penso em contar o tempo todo pessoas que são machucados no seus afetos, a suas emoções. O que é o trauma? Porque somos marcados muitas vezes negativamente o que é uma feto dentro de nós, o afeto é aquilo que temos de mais fácil, É como se fosse a camada da pele mais exterior, o afeto é parte da vida que nos faz mover nos faz levantar. O afeto despertado com uma palavra com uma música. O afeto é muito fácil de vir para fora, e quando falamos de afeto falamos de tudo que é próprio do mano de sentimento raiva alegria. E afeto é uma forma de memória, assim como você se recorda das equações de matemática, das mais simples, ficar registrado Na sua memória, Sua razão você articula sobre alguma coisa que você sabe, mas o interessante é que no paralelo dessa equação emocional, você tem a suas informações afetivos, por que elas dão notícias sobre você, basta a gente toque nessa informação afetivo e você fica para fora. Se você se recordar se você escuta uma música que a 10 anos atrais marcou a sua vida o sorriso vem no rosto

Aquela música puxa para dentro de você alguma coisa, é impressionante quanto nossa memória afetiva tem poder sobre nós. A razão de nós recordarmos das informações isso tem um poder grande sobre nós. Mas ele mora efetiva tem um valor muito maior é a partir dela que você rejeitou a pessoa que você nunca viu na vida. Como é que você não pode gostar daquela pessoa que você nunca se encontrou com ela?

Você não tem razões de inteligência, porque o que é razão da inteligência para eu não gostar de alguém. Aquilo que eu já sei sobre ela, aquilo que ela falou, aquilo que eu vi, o que ela me fez, isso é razão que você tem dados informações como encontrar uma pessoa e não vai com a cara dela: memória afetiva, ela deve se ter alguma coisa nela que você tem eu não gosto em você. Da mesma forma que você encontre uma pessoa que bate o santo, como eu gosto tanto dela então pouco tempo, não consigo sair mais do lado dela. São as cordas interiores nos ligando, são as cordas nos costurando. Gente Jesus o tempo todo dessa capacidade de ser amado ele tinha isso tudo muito consciente nele, ciente da suas capacidades, e trazia pessoa pra ele a pessoa não tinha vontade de ir embora. Ao ponto de dizer,:Senhor aonde eu iria se só você tem a palavra do amor eterno

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: